O CarnAxE resgata a trajetória carnavalesca e sua diversividade, que é tão ampla e tão rica,
e passível de ser explorada infinitamente pelas artes. Circule comigo entre ensaios e pinceladas,
indas e vindas, e descubra a sua riqueza. Pule nessa folia ...

É CARNAVAL NO BLOCO MALÊ DEBALÊ



O Malê tem na dança e na música um elo forte com a tradição cultural herdada da cultura afro, mesclada com o viver popular e o mental coletivo contemporâneo de sua comunidade praieira.

2018 - 39 anos - Nzinga, Jokanas e Francisca: um poder feminista

2017 - 38 anos - "Okê Malê! Sou Sertanejo! Sou Negro Forte!" - o bloco homenagear o povo sertanejo, sua história e sua força,

2016 - 37 anos - Reino Negros dos Hausas - Malê Debalê canta a Nigéria

2015 - 36 anos Tema : Kirimurê Maiê - Malê Debalê reconta o Recôncavo

2014 - 35 anos Tema : Malê Debalê, 35 Anos Quebrando Paradigmas

2013 - 34 anos - Tema: Ceará, Terra da Luz
O bloco homenageia o estado brasileiro Ceará no Carnaval de Salvador - Bahia 2013. Mais de dois séculos após a abolição da escravidão, o Estado do Ceará ficou conhecido como “Terra da Luz” por ser a primeira província brasileira no século XIX a abolir a escravidão. Neste artigo , procurou-se quantificar se o Esta do é modelo de igualdade racial para o país. Para tanto, foram mensurados os diferenciais de salári os relacionados à cor e gênero em termos de atributos produtivos e discriminatórios.

2012 - 33 anos - Tema: Do Black Power ao Hip Hop
Enaltecendo a história do "Black Power e suas contribuições na década de 60, a entidade pretende rememorar um movimento de afirmação política e estética, que também influenciou o nascimento dos blocos afros, na Bahia".

2011 - 32 anos - Malê Debalê na história do Jongo
Doze alas com coreografias diferentes e um carro de apoio homenageando as mulheres compõem o bloco dentro da temática do desfile. (Alas de Negros e Negras Odara, de Máscaras Africanas ... e do Abaeté homenageando a lagoa).

2010 - 31 anos - Ouro Negro
O Malê nasceu em Itapuã e é um dos blocos afro mais tradicionais do carnaval. A bateria, composta por 150 percussionista, dita o ritmo das alas de dança do bloco. A passagem do Malê Debalê é um dos pontos altos da noite. A entidade faz parte do programa Carnaval Ouro Negro da Secretaria de Cultura.

2009 - 30 anos - A Quem Interessam os Blocos Afros?
Com as dificuldades de patrocínio ano após ano, o bloco levou à avenida esse questionamento e o posicionamento dos blocos negros no carnaval. Frente ao trio a foto do presidente dos EUA Barack Obama.

2008 - 29 anos - Áurea, 120 anos, e nós?
O tema é um questionamento que fazemos sobre a abolição da escravatura. O Malê Debalê mostrou através das alas na avenida "a escravidão até nossos dias".

o Malê Debalê leva à Avenida do Carnaval de Salvador a história dos movimentos de lutas dos povos negros, em qualquer parte do mundo, sempre ressaltando o legado matricial africano, sob diversas linguagens e expressões.

Foto : Tiago Lima - divulgação



Coleções    História    afroNegro    Crônicas     selos   batuques   Quiz    Músicas
Clássicos    Danças    sonofolia    Marchas   dialeto    latinhas    Cordel    mapa